Relator da CPI da Pandemia ameaça prender Onyx Lorenzoni

“São fatos gravíssimos que precisam ser investigados”, diz Calheiros.
O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Pandemia, ameaçou, nesta quarta-feira (23), o ministro-chefe da Secretaria-Geral, Onyx Lorenzoni, de prisão.

Em entrevista à emissora GloboNews, Calheiros disse que a comissão “não aceitará ser coagida” por Onyx:

“São fatos gravíssimos que precisam ser investigados. Essa declaração do secretário-geral da Presidência da República é criminosa, interfere na investigação e coage a testemunha. Nós vamos convocá-lo como consequência de tudo isso.”

A declaração do senador acontece após Onyx anunciar que o governo pedirá à Polícia Federal (PF) e à Controladoria-Geral da União (CGU) para investigarem o servidor do Ministério da Saúde que denunciou supostas irregularidades envolvendo a negociação de compra da vacina indiana Covaxin.

Calheiros completou:

“Se ele continuar a coagir a testemunha, nós vamos requisitar a prisão dele, para que essa gente entenda que é preciso respeitar a instituição da CPI. Isso não pode ficar impune, alguém tem que ser responsabilizado.”

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas