Lula, o Mentiroso

Lula caiu por excesso de cinismo. Lula sabia muito bem diferenciar decência de indecência, esse era o seu forte, suas balizas mestras.  Exímio mentiroso, acreditava convencer todo mundo daquilo que não era.

Apesar de saber diferencia o certo do errado, vivia na imoralidade, gostava de ser imoral e se orgulhava disto.  Em seu discurso ele invertia o jogo, porque conhecia o povo e sabia que, pela ética, o povo era capaz de tudo.  Seu grande erro foi subestimar as pessoas  com suas ardilosas mentiras.

Lula, indecente por índole, através do discurso,  vendia a ideia de honesto.

O tempo mudo, a tecnologia avançou e passou a registrar as ações, os discursos em público e as conversas em particular; a máscara caiu e ele foi junto.  Os crimes vieram à tona, as mentiras foram reveladas e, quem se posou como um grande estadista para o povo brasileiro e para o mundo, agora, não passa de um  ladrão cínico que traiu um povo que lhe confiou a nação.
(Zé William)

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas