Tragédia, dor e morte evitáveis

hqdefaultSe você fizer uma viagem de carro, por mais tempo que você levar na estrada, chegando vivo e com saúde, o dia que chegar, chegou cedo. Nem todo mundo pensa assim, principalmente os artistas que dão show à noite, e depois do show, para ganhar tempo, entram no caro e aperta o pé no acelerador, para chegar cedo em casa. Volta e meia um deles fica na estrada, mesmo assim, não serve de exemplo.

O filho do cantor Leonardo queria chegar cedo em casa, pagou um preço alto por isso, passou por um martírio, chegou três meses depois, cheio se sequelas. Toda viagem é perigosa, à noite, mais ainda, se o motorista estiver com sono, é suicídio.

As pessoas de idade devem orientar os jovens, mas se o jovem não for muito rebelde deve olhar o que aconteceu com João Paulo da dupla João Paulo e Daniel e Claudinho da dupla Claudio e Buchecha e muitos outros que viajaram logo após o show e nunca chegaram em casa. O pai de Cristiano Araújo duvidou da existência de Deus, disse que reza todos os dias e Deus deixou que isso acontecesse com seu filho. Lamentável tal depoimento, mas deve ser perdoado pela dor que passa no mento.

Ao invés de orar, o pai deveria orientar o filho para não viajar depois do show e procurar dormir antes de meter o pé na estrada. No meu entender, tragédia assim acontece por excesso de fé, devido às convicções religiosas e também teimosia e desconhecimento dos limites do corpo humano. Por mais dinheiro que o indivíduo tenha, por mais forte que seja, não consegue vencer o sono. A mente humana foi programada para dormir, mantê-la desperta é sempre um esforço e à noite, com o corpo cansado e no horário programado dormir, por mais retado que a pessoa seja não consegue vencer o sono.
Claro que acidente acontece de dia, mas é diferente, você tem um raio de visão maior, e a lucidez auxilia em manobras rápidas para atenuar os danos.
Cantor jovem, cheio vida. Só ele e Deus sabem da luta para alcançar o sucesso que alcançou em apenas quatro anos, mas, infelizmente, aconteceu essa tragédia. Destino ou imprudência? Não sei! O que sei é que dois jovens, cheios de vida e planos para o futuro morreram numa tragédia que poderia ser evitada se não fosse o excesso de fé, por acreditarem demais no destino. Que Deus reserve um bom lugar para esse jovem casal.
Por: Zé William

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas