A Queda da Farsa

LulaBebumNão há mentira que dure para  sempre

Na minha tenra juventude, auge da ditadura, um amigo falou que Lula estava a serviço dos militares, que um milico, irmão de Lula, articulava tudo: levava e trazia as informações.

Época de chumbo, onde o couro comia solto: tortura, espancamento e borracha no lombo de quem falava mal do governo, nessa mesma época, em cima de um caminhão, Lula soltava a voz, arrotava suas bravatas e nada acontecia com ele porque, segundo esse amigo, havia ordem dos militares para não tocá-lo. Achei tudo aquilo um absurdo. Prosa de quem não tem o que falar, conversa de quem quer aparecer.

–Recentemente, em seu livro, Tuma Junior diz ter a convicção de que Luiz Inácio Lula da Silva foi um informante de Romeu Tuma, então chefe do Dops, lá no fim dos anos 70, quando líder sindical.-

Eu jamais poderia acreditar naquilo, achava um absurdo, conversa estapafúrdia de uma pessoa invejosa que queria denegrir um líder sindical. Nessa época eu tinha o Lula como um gênio, um herói que nasceu com o dom da oratória. Por ser nordestino, de origem humilde, iria usar essa sua vocação para aliviar a dor e o sofrimento dos miseráveis do sertão. Hoje, felizmente, tudo ficou muito claro, o dom de Lula é o dom da mentira, de mentir sem culpa, com veemência para que todos pensem ser verdade. Antônio Ermírio de Moraes disse em 1986: “Lula tem a arte de pedir votos aos pobres, dinheiro aos ricos e mentir a ambos”.

Lula lutava por uma única causa; a causa própria. Com a vocação da fala que Deus o deu, Lula a usou para enganar as pessoas, se aperfeiçoou tanto na mentira que conseguiu chegar ao cargo mais alto da República.

Sua mentira foi longe demais, se arrastou por mais de cinquenta anos, agora cai por terra. Alicerçado no cinismo, Lula chegou ao poder e achava que, esmerando-se ainda mais na farsa iria mais longe; se imortalizar como estadista agindo como um déspota. Não foi possível, a máscara caiu.

Ele não percebeu que vivemos outro tempo, onde o meio de comunicação se tornou popular. Com o advento da nova tecnologia o que o ouvinte não consegue memorizar para conferir depois, a rede social faz esse papel.

Hoje, o que é dito fica armazenado nas redes de computadores, na dúvida basta pesquisar e tirar a conclusão, justamente isto, foi o que aconteceu, tudo foi checado e o verdadeiro Lula revelado. Agora são outros quinhentos! A mentira que lhe era aliada, agora, como o advento da informática, passou a ser sua inimiga.

Ninguém pode subestimar a boa vontade de um povo por tanto tempo. Você pode mentir e enganar aquele quer ouvir mentira, que quer ser engando ou pago para fingir que acredita. Mas ninguém consegue enganar um povo a vida toda.

Hoje, Lula é a mentira em carne e osso, viveu seu momento áureo ao assumir a Presidência da República apoiado por uma quadrilha de alta periculosidade, especializada em roubo e extorsão, que se infiltrou no governo como partido político.

Lula, através de seu discurso hipócrita conseguiu ficar milionário: ele a família e todos aqueles que o apoiaram. Todos vivem no luxo, na riqueza, mas uma riqueza fria, que não é fruto do trabalho honesto. Dinheiro roubado do povo, riqueza podre conseguida através da prática de uma política sem idealismo.

Agora, decadente, apoiado por uma ínfima minoria, após avalanches de denúncias de corrupção de seu governo pífio, Lula mergulha vertiginosamente no pré-sal da desonra que ele mesmo construíra ao longo do tempo.

Com idade avançada, desgastado pela vergonha e pela humilhação, a ardileza de seu discurso perde o corte e suas palavras embotadas não alcança nem mesmo os fanáticos. Hoje, por onde passa, é escarnecido por aqueles que um dia o aplaudira e o tinha como um herói.

Escondido em casa e falando somente diante das câmeras ou para seus súditos, Lula já começa sair do cenário político, deixa de ser o um grande líder para ser tornar no maior facínora de todos os tempos da história do Brasil.

Atualmente Lula só tem uma serventia; ciência da psicologia! Para que os cientistas possam estudar o comportamento da mente de um homem de origem humilde, de pouca escolaridade, que chegou à Presidência da República, simplesmente, por possuir o dom da oratória enganados os eruditos, os intelectuais, as pessoas simples do sertão e todos aqueles que sua voz conseguiu alcançar, isto, por mais de 50 anos.
Obrigado por chegar até aqui: Zé William.

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas