Às custas dos miseráveis

sRodrigo Faro aproveita da miséria dos outros criando falsa expectativa. Explorando a imagem da família dos miseráveis ele garante boa  audiência por uma hora, prometendo uma virada de vida dessas pessoas e não oferece quase nada.  Promete mundos e fundos e limita-se a chequzinho de R$10.000,00  que, no meu entender,  não passa de uma esmolão. Empresa com mais de 50 filiais espalhas pelo país,  assim como Rodrigo Faro deveriam tomar vergonha na cara com esse valor irrisório. Sempre tem uma máquina térmica da Rimaq para estampar camisa de um grupo de pessoas que não tem dinheiro nem para comprar  camisa da china, além do mais não tem nenhuma orientação ou curso para essas famílias.  Rodrigo Faro faz o programa, oferece dez mil reais e no fim do mês embolsa mais de um milhão de reais. É isso! Como se não bastassem os políticos e líderes religiosos para explorar os miseráveis, agora, os hipócritas apresentadores de televisão.

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas