Japão deve lançar água contaminada de Fukushima no mar a partir de 2022

Tóquio – O governo do Japão deve liberar no mar água tratada contendo substâncias radioativas da usina nuclear de Fukushima, informou a agência de notícias Jiji Press e outros meios de comunicação nesta sexta-feira (16).

Uma decisão formal deve ser tomada neste mês e a água contaminada começaria a ser lançada em 2022, disseram fontes, em meio a preocupações com o impacto ambiental.
A Tokyo Electric Power (Tepco) retirou mais de 1 milhão de toneladas de água contaminada desde que a usina foi danificada por um terremoto e um tsunami em 2011.
A água foi colocada em tanques enormes que lotam o local, e a empresa diz que até 2022 ficará sem espaço de armazenamento.
A Tepco utiliza um sistema avançado de processamento de líquidos, ou ALPS, para remover a maioria dos contaminantes, exceto o trítio, que é relativamente menos tóxico.
No mês passado, o primeiro-ministro Yoshihide Suga disse que o governo quer “tomar uma decisão o mais rápido possível” sobre como lidar com a água de Fukushima.
O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Rafael Grossi, disse durante sua visita à usina em fevereiro que o lançamento da água contaminada no mar atende aos padrões globais de prática do setor.
Essa é uma forma comum de liberar água em usinas nucleares em todo o mundo, mesmo quando não estão em situações de emergência, disse ele na época.
PESCADORES CONTRA
Na semana passada, representantes da indústria pesqueira do Japão pediram ao governo que não permita a liberação de água no mar, dizendo que isso prejudicaria anos de trabalho para restaurar sua reputação.
“Somos totalmente contra uma liberação de água contaminada no oceano, já que ela poderia ter um impacto catastrófico no futuro da indústria pesqueira do Japão”, afirmou Hiroshi Kishi, presidente da JF Zengyoren, em uma reunião com autoridades do governo.
A liberação poderia levar outros países a reforçar as restrições a importações de frutos do mar japoneses, revertendo uma tendência recente de afrouxamento, disse ele.
Foto: Reuters
Tanques de armazenamento de água contaminada na usina nuclear de Fukushima
Fonte: https://www.alternativa.co.jp/Noticia

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

1 Comments on this post

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas