Jorge Oliveira é escolhido para ser o novo ministro da Justiça

Pasta era comandada por Sergio Moro, que anunciou a própria demissão na sexta-feira (26). Oliveira ocupava a Secretaria-Geral da Presidência

Jorge Oliveira será o novo ministro da Justiça e Segurança Pública. Ex-policial e advogado, ele comandava a Secretaria-Geral da Presidência da República.
A nomeação de Oliveira no DOU (Diário Oficial da União) pode sair ainda neste domingo (26).

Jorge Oliveira concluiu o ensino médio no Colégio Militar de Brasília, em 1992. Ingressou na Polícia Militar do Distrito Federal em 1993 e chegou ao posto de major, passando para a reserva em 2013, quando iniciou a atuação como advogado. Formado em direito pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB) em 2006, é especialista em direito público pelo Instituto Processus e fez curso de produção de conhecimentos e operações na Agência Brasileira de Inteligência (ABIN).[2][3][4]
Trabalhou de 2003 a 2018 no Congresso Nacional, tendo sido assessor parlamentar da Polícia Militar do Distrito Federal,[nota 1] assessor jurídico do então deputado federal Jair Bolsonaro e assessor jurídico e chefe de gabinete do deputado federal Eduardo Bolsonaro. Em 1 de janeiro de 2019, assumiu a subchefia de Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República no governo Bolsonaro.[3][4]
No dia 21 de junho de 2019, o presidente Jair Bolsonaro o nomeou ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República,[3] substituindo o general de divisão do Exército Brasileiro, Floriano Peixoto Vieira Neto, que deixou o cargo para assumir a presidência dos Correios.[6]




About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas