Assustador, mas somente um velho ranzinza e imbecil como eu, percebe


Meus netos entraram de corpo e alma no mundo digital e os pais não veem. Nada mais triste que ver meus netos envelhecerem com o olhar cravado no ecrã do celular ou tablete e eu nada poder fazer para mudar essa triste realidade. É assustador ver meus netos com olhar fixo em Felipe Neto do acordar ao dormir.
Os pais adoram, porque, entretido com os lixos digitais, as crianças não perturbam, não ficam pedido coisas.
Mas, para um matuto como eu, que entende que a infância, não só de uma criança, como de qualquer animal do planeta, é um preparatório para enfrentar os desafios da vida adulta.
Os melhores livros, as melhores escolas não vão preparar as crianças para o mundo adulto, porque elas precisam ter sua própria experiência de vida que esses aparelhos estão roubando.
Dos 12.742 km de diâmetro do planeta terra, resumido em apenas 10cm dos pirilampos tecnológicos. Dos sensores perceptivos a criança utilizar somente visão e audição.
Por medo de apanhar dos filhos ou receber um celular na cara, os pais não ousar intervir e proibir os filhos desse excesso. Excesso esse que priva a criança de saborear esse precioso tempo com algo mais construtivo, usar melhor essa etapa mignon da vida.
Condoída, a mulher pediu-me para intervir e eu falei: “Sem uma armadura dos gladiadores do Império Romano, não ouso. Nunca se sabe a reação dos meus netinhos queridos quando alguém os impedem de assistir a imbecilidade de Felipe Neto.
Que, neste Natal, haja luz na mente dos pais de agora. Dessa época tomada por lixões tecnológicos.
Que Deus tenha piedade de todos nós.

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas