Memorial de Guanambi: “Casa de Dona Dedé”

Galeria de fotos internas do Memorial, clique aqui.
Vídeo do Memorial 2017, clique aqui.

Construída  em estilo neoclássico no século XIX, pelo Tenente Coronel José Pereira (Coronel Zequinha), a casa passou a pertencer à sua filha, Deolinda Pereira Martins, conhecida na cidade como “Dona Dedé, esposa do Major Helvécio Rufino Martins de Oliveira, prefeito de Guanambi de 1933 a 1936. Com 510 metros quadrados de área construída, 32 janelas, com 26 portas e 8 quartos. A beleza e os detalhes do casarão  chamam a atenção. Em sua fachada principal, há uma porta central com 4 janelas de cada lado e, em sua fachada lateral, há ainda mais 9 janelas. Ao fundo, a casa possui uma varanda com grades de madeira e muitas portas, além de um quintal aconchegante.
Galeria de fotos interna do Memorial, clique aqui.

Construída  pelos escravos que, mesmo alforriados, continuaram morando com a família. O casarão foi uma promessa do tenente coronel José Pereira a sua esposa, feita no século  19. Em 11 de abril de 2008 foi transformado no em “Memorial de Guanambi: Casa de Dona Dedé”, onde abriga mais de 3 mil livros e serve hoje como biblioteca e centro de documentação da cidade.

Móveis  e objetos da época de sua construção e todos os detalhes contam histórias  sobre a vida dos ex-moradores e trazem lembranças da história  de Guanambi, contribuindo com o resgate da memória da cidade.

José Pereira fez do seu projeto um exemplo do modo de viver da época. Ele construiu uma casa com 16 portas, assim ela poderia escolher uma para se sentar e fazer renda enquanto as outras ficavam livres para a passagem do resto da família.

Com a morte de Dona Dedé em 1967, a maioria dos filhos saiu da cidade e, durante muitos anos, a casa ficou em  péssimo  estado de conservação.  Uma reforma feita pelo Poder Público municipal, o casarão foi transformado em memorial, expondo vários objetos e móveis da época de sua contrução.

Ao ver a beleza de volta à  casa, onde passou a infância, Verbena Martins, filha de Dona Dedè, se emociona. “Eu me sinto muito bem e muito feliz por, pelo menos, a casa estar servindo para a humanidade”, dia.

Além dos móveis que recriam o ambiente do inicio do século XX, a casa briga uma biblioteca e também guarda documentos  sobre a história da cidade.

Fonte:http://opopularonline.com.br/?lk=4&noticia=MERECE+UMA+VISITA%3A+CASA+DE+DONA+DED%C9%21&id=400

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL725509-5598,00-CASARAO+HISTORICO+VIRA+BIBLIOTECA+NA+BAHIA.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Guanambi

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*