Delegado é exonerado por dizer a verdade

Polícia Civil do DF exonera delegado que culpou mãe por estupro de uma menina  de 11 anos, estuprada pelo padrasto. A exoneração foi publicada no Diário Oficial nesta terça (16)
O delegado  Miguel Lucena fez algumas declarações no grupo de ”Whats App” que  gerou uma “reação generalizada” no meio do politicamente correto,  por atribuir culpa à mãe da criança –  e não, ao próprio estuprador.
Ele postou o seguinte:  “As crianças estão pagando muito caro por esse rodízio de padrastos em casa.” “Quando se tem filho é preciso ter cuidado com quem leva pra dentro de casa, não se pode levar qualquer um que encontra no bar.” E finalizou: “as mães são  co-responsáveis, quando não cúmplices,  com os estupros que acontecem dentro de casa.
Pois é, o delegado foi dizer  a verdade e acabou sendo  exonerado do cargo. Numa entrevista, ele continuou afirmando e disse não se arrepender do que falou.
(Zé William)

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas