Elegância do Brasil nas Olimpíadas

gisele-bundchen_1Começou fraquinho com Paulinho da Viola cantando pra dentro o Hino Nacional como se estivesse três dias sem comer. Depois melhorou com a beleza e exuberância de Gisele desfilando com muita elegância ao som de Garota de Ipanema, aí caiu um pouco com as música de bandido dos DC alguma coisa. O emocionante vôo do 14 Bis dentro e fora do estádio, com tomada espetacular, foi a parte alta do show.

Em seguida Jorge Bem Jor sacudiu o coreto com seu “País Tropical”. Em homenagem ao Impeachment, as delegações entraram seguindo as pedaladas dos triciclos Carmem Miranda.

Animada como sempre a delegacia do Brasil entrou em campo com a maior da história. Ninguém sentiu falta de Pelé quando Wanderlei Cordeio acendeu a Pira Olímpica que, em seguida, começou a pipoca no céu carioca foguetório sincronizado que encheu a cidade de luz de todas as cores.

Caetano com a frescura de sempre, Anita com a roupa lascada até a porta do paraíso e Gil com roupa de dormir e com cara de quem passou a noite inteira tomando cachaça cantaram “ Isso aqui Ô Ô” e o espetáculo da abertura do Rio 2016, finalizou com as paradinhas e seguidinhas das Escolas de Samba do Rio de Janeiro.

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas