Palmeiras goleia Vitória da Conquista na estreia e avança na Copa do Brasil

LomantaoOs Blogs de Conquista alardeavam o embate Conquista versus Palmeiras. A princípio,  eu pensava tratar-se de um Palmeiririnha  qualquer, de Feira, de Jequié ou até mesmo de Salvador. Mas, nesta quarta-feira,4, quando ligo a Band, não é que se tratava do Palmeira de verdade,  jogando aqui em Conquista contra o time da Cidade? Achei superbacana a iniciativa dos cartolas e da secretaria de esporte de Conquista ao tomarem essa iniciativa de colocar nossa cidade no calendário da Copa do Brasil.

O jogo, no início,  não estava tão ruim para o Conquista. Até que começou bem equilibrado, os 10 primeiros minutos de bola rolando foram de ataques sem perigo para ambos os lados. Dois minutos depois, o atacante Dudu sofreu pênalti. Cristaldo bateu confiante e abriu o placar  no Lomantão.  Mas Conquista não deu o braço a torcer e, com muita  garra, levou esse resultado para o segundo tempo.

No segundo tempo, aos 18 minutos, o Vitória da Conquista fez boa troca de passes, Tatu cavou, olhou, mirou   e fez o primeiro gol para alegria ampla, geral e  irrestrita dos Conquistenses.  Mas, infelizmente,  sequer tiveram  tempo de soltar foguetes, logo em seguida,  Allione, caprichosamente,  empurrou o 2×1 para Palmeiras.

O Bode ficou com um jogador a mais por boa parte do segundo tempo, mas, mesmo assim, não conseguiu segurar o time paulista dentro de casa.

No confronto houve de tudo um pouco:  goleiro do Conquista, mais franguista que goleiro se fantasiado de Bandido; conquistenses abestalhados torcendo para o verdão;  muito ZAP e pouco futebol no time de Conquista; suspensão de Arouca do time visitante; reclamação do gramado e da estrutura do estádio Lomantão; cadeirinha de plástico para os reservas sentarem,  por falta de lugar no banco; a antipatia de Neto, comentarista da Band; o visível fanatismo do narrador da Band.

Apesar de mostrar um futebol meia-boca,  mesmo assim deixou o torcedor conquistense otimista, mas o verdão se mostrou superior durante toda a partida e conseguiu eliminar o jogo de volta, vencendo por 4×1, com gols de Cristaldo, Allione, Robinho e Dudu. Essa derrota de 4×1,  elimina o  Vitória da Conquista da competição.

Agora as atenções do Conquista voltam para o Campeonato Baiano. O ‘Bode’, que está na liderança da disputa, enfrenta o Colo-Colo, em Ilhéus, no próximo domingo (08).

Resumo:

VITÓRIA DA CONQUISTA 1 X 4 PALMEIRAS

VITÓRIA DA CONQUISTA – Viáfara; Diego Aragão, Fernando Belém e Silvio; Matheus (David), Paulo Almeida, Carlinhos, Fausto, Maicon e Erivelton (Tatu); Rafamar (Kaká). Técnico: Evandro Guimarães.

PALMEIRAS – Fernando Prass; Lucas, Tobio, Jackson e João Paulo;Gabriel, Arouca, Allione (Amaral), Robinho e Dudu (Renato); Cristaldo (Leandro Pereira). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

GOLS – Cristaldo, aos 13 minutos do primeiro tempo; Tatu, aos 19 Allione, aos 21, Robinho, aos 34, e Dudu, aos 39 do segundo tempo.

ÁRBITRO – Charles Hebert Ferreira (AL).

CARTÕES AMARELOS – Robinho e Gabriel.

CARTÃO VERMELHO – Arouca.

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Lomantão, em Vitória da Conquista (BA).

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas