Os dez maiores cleptócratas dos últimos anos

Cleptocracia

Cleptocracia é isso!

Sabe do que se trata? Cleptocracia, é? Não? Também não é pra menos, estou falando grego. Cleptocracia, é um termo de origem grega, que significa, literalmente, “Estado governado por ladrões”. Entendeu agora?
CLEPTO-[Do gr. kléptein.] = ‘roubar’, ‘dissimular’: cleptofobia, cleptomania.
CRACIA- [Do gr. -kratía ‘poder’; ‘autoridade’; ‘soberania’; ‘domínio’; ‘governo’.
Vamos para Wikipédia:
Cleptocracia, é um termo de origem grega, que significa, literalmente, “Estado governado por ladrões”, cujo objectivo é o do roubo de capital financeiro dum país e do seu bem-comum.  A cleptocracia ocorre quando uma nação deixa de ser governada por um Estado de Direito imparcial e passa a ser governada pelo poder discricionário de pessoas que tomaram o poder político nos diversos níveis e que conseguem transformar esse poder político em valor econômico, por diversos modos1 .

A fase “cleptocrática” do Estado ocorre quando a maior parte de sistema público governamental é capturada por pessoas que praticam corrupção política, institucionalizando a corrupção e seus derivados como o nepotismo, o peculato, de forma que estas acções delitivas ficam impunes, devido a que todos os sectores do poder estão corruptos, desde ajustiça, os funcionários da lei e todo o sistema político e econômico.

Cleptocracia

Isso também é Cleptocracia

Agora vamos para os dez maiores cleptócratas dos últimos anos com base na lista  da ONG anti-corrupção com sede na Alemanha, Transparência Internacional, divulgada em de 2004.

Em ordem de valor supostamente roubados (em dólar dos Estados Unidos), foram:

Ex-presidente da IndonésiaSuharto ($ 15 bilhões – $ 35 bilhões entre 1967 e 1998)

Ex-presidente das FilipinasFerdinand Marcos ($ 5 bilhões – $ 10 bilhões entre 1972 e 1986)

Ex-presidente do ZaireMobutu Sese Seko ($ 5 bilhões entre 1965 e 1997)

Ex-chefe de Estado da NigériaSani Abacha ($ 2 bilhões – $ 5 bilhões entre 1993 e 1998)

Ex-presidente da Iugoslávia e da SérviaSlobodan Milošević ($ 1 bilhão entre 1989 e 2000)

Ex-presidente do HaitiJean-Claude Duvalier ($ 300 milhões – $ 800 milhões entre 1971 e 1986)

Ex-presidente do PeruAlberto Fujimori ($ 600 milhões entre 1990 e 2000)

Ex-primeiro-ministro da UcrâniaPavlo Lazarenko ($ 114 milhões – $ 200 milhões entre 1996 e 1997)

Ex-presidente da NicaráguaArnoldo Alemán ($ 100 milhões entre 1997 e 2002)

Ex-presidente das FilipinasJoseph Estrada ($ 78 milhões – $ 80 milhões entre 1998 e 2001)

Outros casos[editar | editar código-fonte]

Fontes listam o ex-presidente da OLPYasser Arafat como tendo desviado de US$ 1 bilhão a $ 10 bilhões

O presidente paquistanês Asif Ali Zardari por ter recebido propinas em contratos e apropriação indevida de fundos públicos, desvio mais de US$ 2 bilhões para suas contas na Suíça.4

De acordo com investigações realizadas pelo Senado dos EUA no Banco Riggs. o ditador chileno Augusto Pinochetterá acumulado uma fortuna de 28 milhões de dólares (cerca de 24 milhões de euros). Em Outubro de 2006 a justiça chilena iniciou uma investigação em que, alegadamente, Pinochet possuiria uma elevada quantia de barras de ouro(9600 kg) avaliadas em 190 milhões de dólares, num banco de Hong Kong.

Fontes também mostraram que o ex-presidente egípcio, Hosni Mubarak roubou até $70 bilhões.
Sentiu falta de alguém? Então vá até Wikipédia e atualize os dados. É isso.

About José William Vieira

View all Posts

Brasileiro da Bahia que gosta de escrever. Escritor/Jornalista que gosta de abordar o cotidiano do seu ângulo de visão.

Deixe uma resposta

Pular para a barra de ferramentas